R. Idalina Dornas, 80 - Universitário, - Itaúna-MG 37 98401-2935 37 3242-2314 Laboratório: 37 3242-1146 37 3241-1146 Consultoria/Engenharia:

As vantagens do sistema de captação de água de chuva em empresas e residências

Gostou? compartilhe!

As vantagens do sistema de captação de água de chuva em empresas e residências

Água é um bem finito e essencial para a vida terrestre. Apenas 3% de toda água mundial é doce, ou seja, nós, os animais e toda flora têm disponível apenas esta quantidade para sobreviver.

Destes 3% de reserva, 12% estão concentrados no Brasil, fazendo com que a divisão de água doce no mundo seja distribuída de forma desigual. E isto acontece também no nosso país: 69% ficam na região Norte, 16% na região Centro-Oeste, 6% na região Sul e Sudeste e apenas 3% no Nordeste, motivo este que castiga tanto esta última região.

Para diminuir este impacto da falta de água, foram criados métodos e tecnologias de reuso de água.

A instalação de um processo de água de reuso é acessível, gera uma grande economia para o bolso e evita o desperdício, principalmente, se a edificação adotar formas de reaproveitamento da água da chuva.

Este tipo de reuso de água consiste em captar parte do volume de chuva incidente sobre telhados e demais superfícies que direcionam o volume captado para um sistema que armazenamento, para posterior utilização para fins secundários (jardim, lavagem de pisos, passeios, etc).

Como é projeto de captação de água da chuva em indústrias e residências?

 Qualquer porte de empresa ou residência pode ter um sistema para reaproveitar água da chuva e deve seguir a normas técnicas da ABNT NBR 15.527:2007 – Água de Chuva.

Vale ressaltar que o projeto deve seguir as normas-padrão a fim de garantir a qualidade da água, pois, a mesma pode conter sujeiras e contaminações por microorganismos e seu tratamento deve manter o estoque higienizado.

Durante a chuva, a água percorre as calhas e são enviadas por condutores – que obedecem a ABNT NBR 10.844 – para um pré-filtro (grades ou telas conforme ABNT NBR 12.213) que remove sujeiras maiores, como folhas e galhos.

Após isso, a água é enviada para um reservatório (conforme ABNT NBR 12.217), a água passa por um filtro que faz a cloração por pelo menos três vezes na semana.

Os primeiros dois milímetros da chuva são escoados, devido o acumulo de poeira e sólidos da superfície receptora durante o período de ausência de chuvas. Toda água reservada deve ser protegida de contato com animais, luz solar e calor.

A vazão, área e sistema devem ser planejados por um Engenheiro que verifica quais materiais  necessários, bem como o melhor local para o desenvolvimento do projeto.

A água não utilizada pode ser descartada no sistema público de drenagem pluvial, desde que não haja risco de contaminação do lençol freático e deve ter o cuidado para este sistema ser totalmente independente do de água potável oriundo da companhia de água e esgoto.

Cuidados e limpeza do sistema

Cada equipamento utilizado no sistema de captação de água da chuva residencial, de edificações industriais ou empresariais devem obedecer o processo de limpeza regido pela norma:

  • Dispositivo de descarte de detritos: inspeção mensal e limpeza trimestral;
  • Dispositivo de descarte do escoamento inicial: limpeza mensal;
  • Calhas, condutores verticais e horizontais: manutenção semestral;
  • Dispositivos de desinfecção: manutenção mensal;
  • Bombas: manutenção mensal;
  • Reservatório: Limpeza e desinfecção anual.

Reutilização da água em residências

O reuso da água da chuva em imóveis residenciais podem ser em:

  • Irrigação de flores e plantas;
  • Lavagem do imóvel internamente e externamente;
  • Lavagem de veículos.

Casas com reaproveitamento de água são mais valorizadas e a sua utilidade pode ser ainda maior em regiões com poucas chuvas ou em crise hídrica e mesmo imóveis pequenos, com apenas um morador, podem projetar um sistema de reuso de água residencial.

É importante ressaltar, que mesmo possuindo este sistema, o usuário deve continuar a economizar água potável no banho, lavagens de vasilhames e ao escovar os dentes.

Os tipos de reuso da água industrial

A reutilização da água de chuva em empresas e indústrias pode ser em:

  • Sistemas de aquecimento;
  • Irrigação paisagística;
  • Lavagem de áreas;
  • Lavagem de frota;
  • Combate ao fogo.

Além da implantação de uma estrutura de aproveitamento da água de chuva na indústria ou até mesmo qualquer outro segmento, empresas possuem muitos >benefícios quando investem em práticas sustentáveis.

A Terra dispõe de profissionais com experiência para propor a elaboração de projeto de captação de água da chuva para indústrias, empresas ou residências.  Invista e veja como sua conta de água pode reduzir significativamente e ainda contribui para o meio ambiente.

Por Rangel Gomes

Imagem: Pixabay



Gostou? compartilhe!

Whatsapp Terra Whatsapp Terra