R. Idalina Dornas, 80 - Universitário, - Itaúna-MG 37 98401-2935 37 3242-2314 Laboratório: 37 3242-1146 37 3241-1146 Consultoria/Engenharia:

O que podemos aprender em relação ao meio ambiente com o coronavírus?

Gostou? compartilhe!

O que podemos aprender em relação ao meio ambiente com o coronavírus?

O que a pandemia causada pelo novo coronavírus (COVID-19) tem a ver com o meio ambiente? Tudo.

Vivemos uma situação que impactou significativamente a sociedade e a economia, mas que a sua origem e de várias outras doenças se dão pela degradação ambiental, principalmente o desmatamento. Segundo dados do Fórum Econômico Mundial, 31% dos 12.012 surtos entre 1980 e 2013, estão ligados à ambientes devastados.

Viver em zona urbana tem suas vantagens, mas o que devemos repensar são nas formas de crescer, de evoluir, sem invadir o meio ambiente ou pelo menos sem impactar tanto a fauna e flora. Sem planejamento urbano, a comunidade se instala naquele local e invade o meio ambiente, derrubando árvores, espalhando lixos, sujando rios e lagos, acabando o habitat de vários animais silvestres e passando a ter contato com agentes infecciosos.

No caso da China, por exemplo, a grande aglomeração de pessoas e a escassez de alimentos obrigaram os habitantes a procurarem novas alternativas para sobreviverem. Não apenas na China acontece este contato com animais selvagens.O hábito de comer carnes cruas e tráfego ilegal de animais selvagens, que acontece também no Brasil, pode nos expor a novos surtos.

A falta de saneamento básico é um dos fatores que mais contribuem para a disseminação de doenças. O Brasil é um país com “vários países dentro”. Ficará ainda mais evidente nesse surto do coronavírus a desigualdade de investimento do poder público em cada região, a qual fará com que cada estado tenha consequências distintas.

Importante termos em mente que não é só o poder público que possui esta responsabilidade. Mais do que nunca, vimos que ela é individual e com alto poder coletivo.

Como apresentado no artigo anterior, os >riscos biológicos estão em todos os lugares: no trabalho, na rua, em casa, etc…

Veja algumas dicas de ouro para cuidar melhor do meio ambiente, da sua saúde, de seus clientes, parceiros e colaboradores:

  • Os ruídos causado pelas fábricas, siderúrgicas, metalúrgicas, fundições, mineração e eventos, causam impactos à fauna e à comunidade ao redor. O incômodo, pode fazer com que animais silvestres fujam para locais habitados próximos. Saiba como proceder neste caso lendo >Qual a diferença entre ruído ambiental e ocupacional?
  • A água que o seu empreendimento fornece aos colaboradores ou em sua residência, caso tenha poço artesiano, cisterna ou piscina, pode conter partículas nocivas à saúde oriundas de poluição ou contaminações. Veja como garantir um consumo de água dentro dos padrões de qualidade exigidos pelo Ministério da Saúde. Leia >Por que fazer análise de água em laboratório certificado?
  • Investir em >logística reversa permite que os materiais que seriam descartados – muitos deles na natureza – retornem ao fornecedor ou seja enviado a uma empresa que fará a destinação correta.
  • O Meio Ambiente deve ser tema de todas >SIPAT de sua empresa, a fim de conscientizar os colaboradores a fazerem cada um a sua parte, com destaque maior para a >reciclagem.

O surto atual diminuiu momentaneamente as emissões de gases na atmosfera, e os seus efeitos positivos são imediatos e o meio ambiente já sente que o mundo está mais quieto. Em breve, a correria do dia a dia logo voltará, as empresas voltarão a operar, mas que este retorno seja consciente e regenerado de modo a mudar o pensamento e de agirmos de forma correta e sustentável.

Um por todos e todos pelo meio ambiente!

Invista no meio ambiente. Conte conosco para apoiarmos você e sua empresa na busca por um consumo mais sustentável. Nossa empresa de consultoria, engenharia e análises ambientais está pronta para lhe atender.

Por Rangel Gomes

Imagens: Adobe Stock



Gostou? compartilhe!

Whatsapp Terra Whatsapp Terra