R. Idalina Dornas, 80 - Universitário, - Itaúna-MG 37 98401-2935 37 3242-2314 Laboratório: 37 3242-1146 37 3241-1146 Consultoria/Engenharia:

Qual é a função da reciclagem e a sua importância para o meio ambiente?

Gostou? compartilhe!

Qual é a função da reciclagem e a sua importância para o meio ambiente?

Uma das primeiras vezes que ouvimos falar sobre o que significa reciclar e aprendemos na prática como fazer uma reciclagem de papel é na época de escola, através do uso de folhas usadas, bacias, água, peneira e liquidificador.

Com o passar dos anos, conseguimos entender melhor que as vantagens da reciclagem vão além da forma artesanal do papel e as possibilidades sustentáveis podem ser em larga escala.

Em razão da data de 17 de Maio ser considerado o Dia Internacional da Reciclagem, explicaremos didaticamente tudo sobre coleta seletiva de lixo, destinação correta de cada tipo de resíduo, reciclagem e sustentabilidade.

Como surgiu a reciclagem?

Os nossos antepassados descobriram para que serve a reciclagem desde a época que eram nômades, a qual descartavam os restos de animais que caçavam.

De acordo com a Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), as civilizações antigas, como os hindus, possuíam sistemas e regras para o descarte e reciclagem de resíduos.

Na Idade Média, apareceram os primeiros sistemas de coleta de lixo, que eram de iniciativa privada e quando não davam certo, passavam a ser administrados pela organização pública.

Com a Revolução Industrial, houve um aumento significado de resíduos, tanto sólidos, quando industriais. Com as guerras e crises econômicas no século XX, surgiu a necessidade de criação de um sistema de reaproveitamento de materiais recicláveis, a fim de aperfeiçoar a logística e diminuir os custos.

Como é de praxe, a reciclagem no mundo e a coleta seletiva de lixo origiram-se a partir da ideia de um desenvolvimento socioambiental sustentável e que ao mesmo tempo, trouxesse uma redução financeira.

Afinal, o que é reciclagem?

Reciclar significa reaproveitar resíduos que ante seriam despejados na natureza. Cada material possui suas possibilidades de reuso e processos para este fim.

A reciclagem faz parte do conjunto do conhecido 3R´s: Reduzir, Reutilizar e Reciclar, que significam:

  • Reduzir: criar maneiras que diminuem o consumo dos recursos naturais. Além do uso racional de produtos em que os materiais para sua fabricação dependem da extração natural, é importante reduzir o uso direto de água, energia elétrica e combustíveis fósseis.
  • Reutilizar: é reaproveitar o material para o mesmo fim ou para outras possibilidades. Exemplos que podem ser citados são os >sistemas de reaproveitamento da água de chuva, papeis de rascunho e objetos para uso de artesanato com reciclagem.
  • Reciclar: como dito anteriormente, é transformar o material já utilizado no mesmo produto ou matéria-prima para outros.

Nós podemos ir mais além com o desenvolvimento de mais 4R´s:

  • Repensar nas atitudes do dia a dia como o uso de transporte coletivo, bicicleta e caronas.
  • Reintegrar os restos orgânicos à natureza pela compostagem.
  • Reparar um produto estragado ou quebrado, a qual poderá trazer economia para o bolso e de impactos negativos ao meio ambiente.
  • Recusar produtos de empresas que prejudicam o meio ambiente ou que não tenham um plano de compensação ambiental.

Segundo o Sindicato Nacional das Empresas de Limpeza Urbana (Selurb) com a consultoria PwC (PricewaterhouseCoopers), o  Índice de Sustentabilidade da Limpeza Urbana indica que 24% dos domicílios brasileiros não contam com coleta de lixo e que o índice nacional de reciclagem é de apenas 3,7%.

O Sul do Brasil é a região que apresenta o melhor indicador de destinação correta dos resíduos sólidos para uma posterior reciclagem: 88,5%, seguido do Sudeste (51,1%), Centro-Oeste (14,4%), Norte (14,1%) e por último o Nordeste (11,4%).

No mundo, segundo relatório do Banco Mundial, nos países ricos a taxa de reciclagem não chega a 1/3 e nos pobres não ultrapassa 4%.

Exemplos de reciclagem de resíduos sólidos

Existem vários tipos de resíduos sólidos que podem ou não ser recicláveis e passam por diferentes etapas.

Para que o serviço público consiga destinar de forma correta o lixo orgânico e inorgânico, foi criada a coleta seletiva. Também, foi desenvolvida as cores de coleta seletiva em lixeiras específicas para a separação de cada material.

  • Lixo Seco: são lixos recicláveis oriundos de residências, indústrias e comércio. Podem ser de plástico (vermelho), vidro (verde), papel (azul), metal (amarelo), borracha e até eletrônicos.
  • Lixo Orgânico (marrom): são todos os restos biológicos de origem animal ou vegetal. A reciclagem de frutas e vegetais é possível mais facilmente através do processo de compostagem, que inclusive pode ser feita domesticamente.
  • Lixo Industrial: são resíduos dos mais diversos tipos, provenientes da atividade das indústrias. Como as empresas geram uma quantidade muito grande de resíduos, que podem causar um significativo impacto ao meio ambiente, há leis para cada setor. Inclusive, pode haver a necessidade de contratação de uma Consultoria Ambiental para ser feito o Inventário de Resíduos Sólidos Industriais.
  • Resíduos Hospitalares: toda sobra de hospitais, clínicas humanas e veterinárias, postos e demais locais que trabalham com a saúde, devem possuir uma destinação correta através de aterro sanitário ou incineração, uma vez que são descartáveis e podem estar contaminados com vírus e/ou bactérias. Estes materiais nunca serão reciclados.

A Importância da Reciclagem de Papel

A reciclagem de papel é um dos processos mais importantes da reutilização de material, uma vez que para a sua fabricação são necessários o corte de árvores. Estas, que são essenciais para o equilíbrio da temperatura terrestre e transformação de gás carbônico em oxigênio. Para ter-se uma ideia, cada brasileiro gasta 44 kg de papel por ano em média e um eucalipto produz ‘apenas uma tonelada.

A boa notícia é que a porcentagem de papel reciclado no Brasil é de quase 70% e a tendência é aumentar, mas o país precisa investir em coleta seletiva para que os resultados sejam melhores.

O passo a passo da reciclagem de papel consiste na coleta, controle de qualidade, trituração, centrifugação para serem retiradas as impurezas, acrescentado produtos químicos para retirada de tintas e aditivos para o refino.

A reciclagem de papel trás inúmeras vantagens como redução do consumo de água e no corte de árvores, economia de energia e poluição.

Vantagens da Reciclagem do Vidro

O vidro é um material biodegradável, mas demora cerca de 10 mil anos para se decompor.

A reciclagem de vidro no Brasil chega a 50% até o ano de 2018 e o processo funciona da seguinte forma: separação do vidro de acordo com a coloração e características, lavagem para retirar as substâncias como os rótulos, fusão a 1300°C e moldação.

Para a natureza e para a sociedade, a reciclagem de vidros só tem benefícios como a redução de lixos, gasto menor de energia e impactos ambientais devido à retirada de areia para extração da sílica.

Reciclagem de Plástico no Brasil e no mundo

O Brasil está em quarto lugar na produção de lixo plástico e, infelizmente, o último em reciclagem. Aqui, cada habitante produz em média 1 kg de lixo plástico por semana.

A reciclagem de plástico no nosso país ainda é muito baixa. Apenas 1,28%, no mundo a média é de 9%. É uma taxa assustadora pela quantidade de resíduos deixados na natureza.

O plástico foi uma invenção incrível, mas a sua fabricação tem um impacto ambiental enorme. Estudos revelam que a sua produção mata cerca de 1,5 milhão de animais por ano, que ingerem a substância achando que é alimento.

As possibilidades de reuso do plástico reciclado vão desde o artesanato até industrial.

O ciclo de reciclagem do plástico depende de seu tipo. Os termoplásticos podem ser aquecidos inúmeras vezes. São eles: polietileno de baixa densidade (PEBD); polietileno de alta densidade (PEAD); poli (cloreto de vinila) — PVC; poliestireno (PS); polipropileno (PP) e poli (tereftalato de etileno) — PET e poliamidas, como o Nylon .

Já os termofixos só podem ser fundidos uma vez, como o baquelite, poliuretanos (PU), poliacetato de Etileno Vinil (EVA), poliésteres e resinas fenólicas.

A linha de reciclagem de plástico depende do processo de transformação:

  • Reciclagem Mecânica: neste formato o material é granulado e é o método mais comum.
  • Reciclagem Química: o material é dissolvido junto com outras substâncias solventes ou por meio do calor. É um processo com um custo mais elevado.
  • Reciclagem Energética: através da incineração, o material se transforma em energia térmica, elétrica e como combustível.

Já existem no mercado vários produtos feitos com o plástico reciclado, como calça jeans, camisetas, revestimento e carrinhos de supermercados feitos a partir do PET.

Reciclagem de Materiais Ferrosos e Não Ferrosos

O metal pode ser reciclado inúmeras vezes e é dividido em ferrosos (ferro e aço) e não ferrosos (alumínio, cobre, chumbo, níquel e zinco).

As empresas de reciclagem de metal tem uma preferência por metais não ferrosos, devido ao seu valor maior no mercado. As formas de reciclagem do metal dependem de sua característica e usabilidade.

A reciclagem de metais no mundo é bastante difundida e no Brasil alguns materiais como o alumínio chegam a quase 100%. Os objetos feitos com metal reciclado vão desde latas de bebidas até em estruturas enormes nas indústrias automotivas, metalúrgicas, siderúrgicas e construção civil.

A importância dos aspectos econômicos e sociais na reciclagem de metais é significativa, pois, além de gerar emprego e economia, a redução da extração de minério é necessária devido ao impacto negativo socioambiental.

Reciclagem de Resíduos Sólidos na Construção Civil

Praticamente todos os resíduos sólidos recicláveis podem ser utilizados na construção civil, para torná-la sustentável e econômica.

Atualmente, 80% do aço, 70% do alumínio, 13,6% do cimento e 18% do vidro usados na área civil já são compostos por materiais reciclados.

Enquanto estes números das matérias-primas só aumentam, também podemos descartar os entulhos gerados na construção de maneira correta para que sejam feitos, posteriormente, produtos recicláveis.

Leia mais sobre >Como economizar e mudar o mundo através da construção ecológica.

A Associação Brasileira para Reciclagem de Resíduos da Construção Civil e Demolição possui dados e cursos técnicos voltados para o assunto. Para saber mais acesse: https://abrecon.org.br/

Como é realizada a reciclagem da borracha?

A borracha é um material retirado da seringueira de árvores ou a partir do petróleo. O seu uso é maior para a produção de pneus.

Ter um carro ou moto está cada dia mais fácil e por isso, devemos nos preocupar mais com esta questão, uma vez que é estimado que o descarte de pneus no meio ambiente leva-se em torno de 600 anos para se decompor.

Hoje, o Brasil consegue reciclar boa parte da borracha e as principais reutilizações são para uso em asfalto, cimento e outros produtos. Desde 2010, a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) pela Lei nº 12.305 impõe obrigatoriedade na logística reversa deste material.

Dicas de Reciclagem para o dia a dia

  • O plástico, materiais feitos de papel e metal são perfeitos para uso em artesanato e para serem reutilizados em casa de várias maneiras. Você pode conferir algumas dicas neste link.
  • Tenha sempre pelo menos dois compartimentos para a coleta seletiva: uma lixeira de reciclagem (lixo seco) e uma lata de lixo para orgânicos (lixo molhado).
  • Em suas compras no supermercado, dê preferência por levá-las em caixas, ao invés de sacolas plásticas.
  • O lixo eletrônico é extremamente prejudicial à natureza. Procure pontos privados ou locais junto à prefeitura para o descarte de eletrônicos na sua cidade.
  • Procure sempre na internet maneiras de reutilizar qualquer material na sua casa. Boa parte dos itens que pretende jogar fora tem várias utilidades, incluindo móveis, têxteis e sobras de construção ou reforma. Sites de reciclagem como a eCycle, Setor Reciclagem e Autossustentável possuem diariamente várias dicas legais.

Melhores frases sobre reciclagem e meio ambiente

“Ambiente limpo não é o que mais se limpa e sim o que menos se suja.” Chico Xavier

“A reciclagem do lixo abre as portas rumo a um futuro mais promissor para a vida. Além de solução, funciona como mola propulsora da conscientização ambiental e comunitária.” Christopher Wells

“O lixo que você joga no chão não fala, mas ele diz muito sobre você”.  Autor Desconhecido

A Terra é especializada na área de consultoria e análises laboratoriais ambientais em Minas Gerais. São mais de 300 clientes atendimentos mensalmente na Grande BH e Centro-Oeste do estado e quase 12 anos de mercado. Garanta a qualidade da vida e do meio ambiente contratando-nos.

Por Rangel Gomes

Imagem: Adobe Stock



Gostou? compartilhe!

Whatsapp Terra Whatsapp Terra